Caso Alimex inspira mulheres empreendedoras em BH

“A mulher é transformadora da sociedade. Ela tem um estilo de gestão diferenciado do homem. Além de pensar no cliente, pensa também no seu funcionário e na família do seu funcionário.  Sabe administrar o tempo e desempenha, com habilidade, diversos papéis na sociedade. Apesar de tantas qualidades, a mulher ainda ganha menos que o homem e tem uma rede de relacionamento menor que a dele”. A realidade, ainda comum no Brasil, foi apresentada pela gestora do projeto Itaú Mulheres Empreendedoras, Marina Terepis, durante o lançamento da 1ª Edição do Café Mulher Empreendedora. O evento ocorreu no auditório do Museu Inimá de Paula, em Belo Horizonte, no dia 15 de outubro.

Para inspirar a plateia lotada por aproximadamente 130 empresárias, foram apresentados quatro empreendimentos liderados por mulheres. O primeiro exemplo de sucesso foi o de Gircilene Castro, fundadora da Alimex. Ela contou a história da empresa,  que foi à falência no seu primeiro ano de atividade devido a problemas de gestão. “Quando me vi atolada em dívidas, decidi que era a hora de dar a volta por cima. Me inscrevi na Associação Industrial e Comercial do Bairro Jardim Canadá e lá fiquei sabendo do Programa 10.000 Mulheres, do banco Goldman Sachs, que seria desenvolvido no Brasil pela Fundação Dom Cabral”, lembra.

Gircilene Castro apresentou os desafios que levaram a Alimex a ser uma das mais bem sucedidas empresas do segmento de alimentação corporativa em Minas Gerais

Gircilene Castro foi a primeira brasileira selecionada para participar do Programa, que teve início em 2009. O conhecimento adquirido no curso, sobretudo sobre gestão de negócios e pessoas, permitiu não só a recuperação da empresa como a ampliação significativa do número de clientes. “Antes do curso, sete anos atrás, a Alimex tinha apenas um cozinheiro e uma ajudante, que era eu mesma. Durante o curso, aprendi a fazer um plano de negócios. Descobri que era fundamental separar papéis e investir em mão de obra qualificada. Hoje temos 45 funcionários e dez vezes mais clientes”, comemora.

Às empresárias, Gircilene deu dicas valiosas: “separe o pessoal do profissional. Estabeleça metas de retiradas financeiras e reinvista tudo o que sobrar na própria empresa, seja em pessoal, maquinário ou tecnologia. Se o negócio estiver dando lucro, ótimo. Se não estiver, pare, repense e refaça a rota. Mas, não se esqueça do mais importante: nunca desista”.

Além da fundadora da Alimex, outras três empreendedoras relataram suas experiências de sucesso: Maria José Lima, fundadora da Mazé Doces, Rosana Souza, proprietária da Universo Inox, e Roberta Vasconcellos, co-criadora do aplicativo Tysdo. A coordenadora do evento, Marina Terepis, ressaltou a contribuição do compartilhamento de ideias. “Selecionamos mulheres que têm realidades próximas de muitas outras mulheres, e não pessoas que estão distantes do convívio delas. Queremos demonstrar que a mulher pode ser bem sucedida, principalmente se tiver acesso às ferramentas adequadas e a uma boa rede de networking”, concluiu.

Após as palestras, as empresárias Gircilene Castro, Roberta Vasconcellos, Maria José Lima e Rosana Souza responderam as dúvidas da plateia

Café Mulher Empreendedora

O Café Mulher Empreendedora tem o objetivo de aproximar mulheres dispostas a alavancar seus negócios por meio da troca de experiências. No evento, realizado em parceria com a Rede Mulher Empreendedora, é possível compartilhar dificuldades, potencialidades e ampliar a rede de contatos para networking.

O projeto piloto foi lançado no dia 20 de março, em São Paulo, onde os encontros são realizados mensalmente. Além de Belo Horizonte, o Café Mulher Empreendedora também é desenvolvido no Rio de Janeiro. Por meio dele, cerca de 1.500 empresárias  estão tendo acesso a programas educacionais e uma rede online exclusiva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>